Arte sem limites

Atualizado: Set 15


Muitas pessoas entendem por arte aquelas obras de milhões de reais que estão guardadas a 7 chaves em algum museu famoso.

Sendo assim, nem sempre temos, por falta de oportunidade, condições de ver de perto a

grandeza dessa arte que leva a todos para o universo onde o impossível se torna possível através dos pincéis e da mão mágica do seu grande criador, como Leonardo Da Vinci, por exemplo. Que merecidamente tem uma de suas obras, Mona Lisa, muito bem apreciada pelo público, sendo que mesmo inacabada a obra atrai por si só, pela sua beleza, muitos apreciadores.

Muitas pessoas, até hoje, talvez por falta de visão artística, não percebem que a Mona Lisa, obra acolhida em um grande museu, não contém as sobrancelhas, mas um lindo sorriso intrínseco que só conseguiremos ver com os olhos artísticos.


A conexão fauna e flora se torna também uma arte. A arte da proliferação do reino vegetal, quando um beija-flor com sua suavidade e delicadeza carrega o pólen através de pequeninas sementinhas que proliferarão a nossa flora.


Em se tratando também do mundo marinho, a arte se destaca nos traços singulares de cada ser, como o Peixe-Porco-Palhaço, que nos encanta com suas cores e “estampa” de poá. A arte do amor entre o homem e a mulher faz o que é de mais sagrado pela vontade divina, que é não deixar que a raça humana se perca no tempo. Sendo assim, através do amor verdadeiro, criancinhas são enviadas como anjos para proliferar a raça humana, ou seja, os hominais. O fogo, com sua chama artística, se torna o maior transformador de matéria-prima em belas obras.


Para mim, é explícito que arte não envolve apenas pincéis e tintas. É saber apreciar a vida em nossa volta nos pequenos detalhes do dia-a-dia, como saber observar um musguinho que nasce em uma parede de concreto, trazendo consigo um tom esverdeado alegrando o ambiente pálido.


É também apreciar as nuvens entrelaçando-se e nos permitindo identificar várias formas pitorescas em formosas figuras que envolvem a nossa imaginação.


A cada nascer do sol com sua pomposidade, é o universo me mostrando que a arte não se resume somente nos pincéis, tintas, telas e papel.

Arte é viver, sentir, apreciar os detalhes, enxergar com o coração, ver além do horizonte, além do óbvio, e entender que a sabedoria divina terá sempre uma forma mansa de nos ensinar a amar.


#ARTESEMLIMITES #DETALHES #MONALISA

1 visualização

© Copyright 2018 | Todos os Direitos Reservados | Aline Barroso

Você é sempre bem-vindo (a) no meu mundo das cores !

  • Instagram
  • Twitter